Loading...

As massagens e a Saúde

Massagens e Saúde?

As massagens estão habitualmente ligadas a circuitos de bem-estar e é mais associada ao segmento de luxo. No entanto, este conceito foi há muito ultrapassado uma vez que hoje sabemos que as massagens podem ter um forte contributo para a manutenção da saúde, atuando não só ao nível da prevenção, como no alívio de certas patologias.

Resposta intuitiva e instintiva

Quando alguma parte do nosso corpo doí, o primeiro instinto é logo passar a mão e pressionar.

A massagem é uma das formas mais antigas de tratamento das doenças humanas e tem como objetivo produzir efeitos terapêuticos nos tecidos nervosos, musculares, sistema respiratório do organismo, bem como na circulação geral e local, tendo em conta sangue e linfa.

Ao longo da História a prática da massagem, mesmo não referida como tal, esteve sempre presente no contexto cultural da medicina, podendo ser vista como uma componente essencial da medicina tradicional.

Combater o stress e outras doenças

As exigências e o stress que a população ativa enfrenta no quotidiano atual são razão mais do que suficiente para que faça sentido a opção de incluir massagens nos hábitos regulares de saúde – até porque o custo é cada vez mais acessível, a oferta é maior, e pode, de facto, melhorar a qualidade de vida.

Há inúmeras técnicas à disposição, desde as mais conhecidas, até às mais específicas e às advindas das chamadas terapêuticas complementares, muitas oriundas do conhecimento fixado a partir das tradições orientais milenares. É muitas vezes na articulação entre os diversos tipos de conhecimento que se consegue acrescentar valor.

Quando sofremos alguma disfunção ou quanto mais exigente é o nosso dia-a- dia, tanto profissional, como pessoal, mais sentido faz equacionarmos este tipo de terapias, nomeadamente antes de chegarmos a uma situação de doença.

No caso de patologias específicas, como doença venosa (pode ter alguns trombos/coágulos que não devem ser estimulados, por exemplo), é sempre indispensável consultar o médico e, claro, recorrer a profissionais com formação adequada, para perceber se tem alguma contra-indicação ou que tipo de massagem pode fazer.

Principais benefícios das massagens:

  • Ajuda a combater a pressão arterial elevada;
  • Combate dores e contraturas musculares e vários tipos de lesões, nomeadamente desportivas;
  • Relaxa o corpo e a mente;
  • Melhora a elasticidade da pele, a circulação sanguínea, o sistema imunitário e a tonificação muscular;
  • Estimula e equilibra o sistema digestivo;
  • Combate a dor crónica em vários tipos de doenças;
  • Potencia a respiração;
  • Favorece a circulação;
  • Reduz a fadiga muscular e diminui o cansaço;
  • Estimula o sistema nervoso de forma eficaz;
  • Relaxa e beneficia o sono;
  • Favorece uma sensação de bem-estar imediato;
  • Estimula os sentimentos positivos e mantém os negativos sob controlo;
  • Ajuda a combater a ansiedade e os estados depressivos;
  • Aumenta a energia e estimula o intelecto;
  • Aumenta o bem-estar e pode melhorar a imagem e a autoestima.

Já pensou nisso?

Então fica a dica: visite a Bioneoclinic para que possa experimentar um serviço de alta qualidade e referência e beneficie das inúmeras vantagens;

Bioneoclinic

Rua do Seminário, n.º 7, 5.º andar

T. 291 652 777 – 938 717 523